Sexo com a colega de trabalho: delicada relação

Onde se ganha o pão também se come a carne!

Sexo com a colega de trabalho: delicada relação

Uma pesquisa do site Business Insider, em maio de 2015, revelou que 84,5% dos 2500 entrevistados fantasiava regularmente pegar a chefe, ou aquela colega de trabalho provocante. E mais: um em cada 10 já teve um rolo de sexo no trabalho e nenhum se arrepende.

Não que isso seja muita novidade. Fazer ou não fazer, eis a questão. Essa é uma decisão individual. Porém, é possível dar algumas sugestões importantes sobre como se comportar e lidar com essa delicada situação.

Dia sim… Dia também

Leve em conta que transar com uma colega de trabalho sempre tem consequências, por mais que você diga que não. Se foi bom, ambos vão querer de novo. Se foi ruim, ambos não vão querer se ver de novo.

E se foi bom só pra uma das partes envolvidas…aí, sim…Complicações à vista.

IMG_2614

Cuidado a noticia se espalha. Para o bem e para o mal

No trabalho, só trabalho

Não ache que ninguém lerá seus e-mails corporativos, ou escutará aquela ligação pela linha interna, ou que aquele lance de cutucar com o pé debaixo da mesa de reuniões é super discreto. Nada disso dá certo fora de um filme água com açúcar.

Durante o horário de trabalho, o máximo que pode rolar é uma paquera de leve que, se tiver intenções de vingar, deve ser levada para fora da empresa. E, de preferência, longe. Nada de ir para o bar onde a galera faz o happy hour. Consulte o De bar em bar, e escolha um lugarzinho tranquilo, longe do circuito do pessoal do escritório.

Chefe é chefe

Digamos que sua presa não é exatamente uma colega de trabalho… Está em diferente patamar hierárquico. Nesse caso, fica muito fácil confundir as bolas (com o perdão do trocadilho) e inverter os papéis.

Você tem que saber que não merece nenhuma consideração especial só porque foi o deus do sexo há três noites atrás, e deixar claro que ela também não merece nenhuma consideração especial por isso. A relação na cama não se reproduz no organograma da companhia.

Com uma chefe dessa

Transar com a chefe não quer dizer que terá promoção.

Assédio sexual: O limite

Não dê em cima de quem não te dá bola. Tentou? Ótimo, legal, completamente aceitável. Ela pode não ter aceitado a investida, mas gostou de saber que alguém se interessou. Pronto. Paramos por aí. Não dê uma de louco e siga forçando: ela vai terminar reclamando com alguém e, acredite, em menos do que demora uma rapidinha você estará no olho da rua.

Se você é quem não está interessado, deixe claro. Mas claro, mesmo. Seja educado, Ou invente uma desculpa que achar elegante. E encerre o assunto.

E se ficar sério?

Tenham a decência (ambos)  de saber se comportar. Todo mundo pode até saber que de repente viraram dois pombinhos apaixonados, mas ninguém precisa ver. E voltem para as dicas número dois e três que, mais do que nunca, serão válidas.

E é isso aí! Todo  undo é livre para amar… Só não misture as coisas!

feitoparahomens

FpH - Feito para homens no sentido completo da palavra, criativos, honrados, honestos, íntegros, conquistadores, antenados, bem humorados e inteligentes. O site masculino mais completo.