12 carros clássicos que um colecionador deveria ter na garagem

De que vale a vida se não os momentos especiais que duram décadas nas nossas lembranças, um desses momentos certamente é dirigir algumas dessas belezinhas.

12 CARROS QUE TODO HOMEM DEVE DIRIGIR ANTES DE ESTOURAR OS PONTOS NA CARTEIRA

Alguns destes carros clássicos e modernos oferecem tudo o que você precisa: potência, estilo e, o mais importante,a fantasia.

Ferrari 250 GTO (1962)

Primeiro de tudo, é uma Ferrari. E segundo, é o carro colecionável mais caro do mundo: há dois anos, um desses doi vendido por cerca de 142 milhões de dólares.Ferrari 250 GTO

Aston Martin DB5 (1963)

Viver ao estilo James Bond é o que propõe a experiência de dirigir um Aston Martin DB5, carro eternizado no filme Goldfinger, com o ator Sean Connery.

Aston Martin DB5

Corvette Sting Ray (1963)

Um dos projetos mais ousados ​​e futuristas da história. O motor de sete litros e 435 cavalos de potência faz isto quase voar.

Corvette Sting Ray

Shelby Cobra 427 (1965) V8

O verdadeiro ícone de velocidade americano foi o Cobra. Pequeno, leve, com um motor de sete litros, é tão rápido quanto difpicil de domar. Criado por Carroll Shelby, o mesmo homem que fez o Mustang Shelby, é um ícone das pistas e da imaginação masculina de todos os tempos.

Shelby Cobra 427 V8

Mazda RX-7 (1978)

Entre os esportivos, tem o melnor motor. Qual seu charme? Representa uma revolução tecnológica dos anos setenta, com uma condução mais suave e design revolucionário.

Mazda RX-7

Audi Quatt Ro (1980)

O primeiro carro de produção em série que tinha suspensão independente e tração nas quatro rodas. Isso fez dele um astro do rali na década de oitenta – e das galerias dos grandes carros da história.

Audi Quatt Ro

Lamborghini LM002 (1986)

A Lamborghini foi a primeiro a formatar a ideia do SUV contemporâneo: colocou o motor V12 de um Countach em uma carroceria de utilitário e criou o avô de todas as “caminhonetes”.

Lamborghini LM002

Porsche 911 Carrera (1993)

O 911 Carrera foi um dos últimos Porsche sem opções avançadas de tecnologia, como a caixa de velocidades sequencial ou transmissão automática. Dentro dele, é somente você – e o motor.

Porsche 911 Carrera

Bugatti Veyron (2005)

A única maneira de saber como é sentar em cima de 1.000 cavalos de potência e acelerar a 100 km/h em 2,5 segundos é sentar em uma dessas máquinas italianas de dois milhões de dólares.

Bugatt i Veyron

Bentley Continental GT (2015)

O Continental GT 2003 foi o modelo que fez renascer a marca Bentley. Com 215 mil dólares, você ainda pode personalizar a placa com materiais de luxo. Tem um motor de seis litros em W que o faz emparelhar com as Ferrari.

Bentley ContinentBentley Continental GT

Mustang Eleanor (1967)

Este Mustang é considerado um dos maiores clássicos americanos. Não apenas por sua limitada produção – pouco mais de 2.000 unidades -, mas também por ser outra obra de arte da velocidade criada por Carroll Shelby.

mustang eleonor

Lamborghini Diablo (1990)

O Diablo marcou a mais demorada renovação da história da Lamborghini, ao substituir o modelo o topo de linha anterior, o Countach, que reinou por 16 anos. O destaque vai para o design clássico, assinado por Marcelo Gandini.

lamborguini diablo

feitoparahomens

FpH - Feito para homens no sentido completo da palavra, criativos, honrados, honestos, íntegros, conquistadores, antenados, bem humorados e inteligentes. O site masculino mais completo.