Quilometragem Adulterada: Não Seja Enganado!

Veja 05 dicas fundamentais para não cair no golpe de adulteração da quilometragem do veiculo.

Quilometragem Adulterada

Mudar a quilometragem do veículo é fraude e pode ser considerado crime!
A primeira coisa que queremos saber na compra de um carro usado é sua quilometragem. O número no painel do carro certamente é um fator decisivo na compra, podendo servir de impulso ou barreira para fechar o negócio. Sendo assim, muitos apelam para reduzir a quilometragem do carro para que ele não pareça tão rodado.
Veja as dicas que separamos para você não cair nessa roubada.

Muitas concessionárias e vendedores de carros usados apelam pra essa prática ilegal

Muitas concessionárias e vendedores de carros usados apelam pra essa prática ilegal

01) Marcas do Painel:

Esta desconfiado? Peça pra que retirem o painel do carro e verifique o estado dos lacres. É impossível mexer no painel sem romper os lacres originais.
Marcas no parafuso também são um indício de que o painel foi retirado.

02) Revisão na concessionária:

Peça o endereço de onde o carro fez as revisões. Na concessionária eles guardam todas as informações da revisão do veiculo, assim você saberá se foi enganado ou não.

03) Scanner o veiculo:

Quilometragem Adulterada: 05 Dicas para não ser enganado

Scanner a solução mais indicada

Scanear o carro é a maneira mais segura e fácil para descobrir se  o carro foi adulterado. Os dados do veiculo ficam guardados no computador de bordo, independente se mexeram no painel ou não, essa informação não pode ser alterada ou removida.
Leve o carro ao seu mecânico de confiança e peça que ele faça um Scanner no seu carro.

04) Faça as contas:

Se o carro trocou suspensão, pneus, correia dentada, mangueiras, pastilhas de freios é sinal que já rodou mais de 50 mil quilômetros. Esses detalhes são fundamentais para descartar o carro ainda na negociação.

Desgastes de peças é um sinal fundamental

Desgastes de peças é um sinal fundamental

05) Projeto de Lei:

A quilometragem rodada pelo veículo poderá constar do Certificado de Registro e Licenciamento (CRLV), documento fornecido anualmente aos donos de carros que pagam o IPVA e cumprem as demais exigências dos órgãos estaduais de trânsito. A medida visa coibir a adulteração do hodômetro para reduzir a quilometragem percorrida pelo veículo e aumentar seu valor de venda. Resta esperar a aprovação do Senado.

feitoparahomens

FpH - Feito para homens no sentido completo da palavra, criativos, honrados, honestos, íntegros, conquistadores, antenados, bem humorados e inteligentes. O site masculino mais completo.